Pesquisar neste blog

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Isca Varejeira

Das armadilhas que nos atormentam
que todos sabem e que alguns enxergam,
são as vitrines (lá é que se pregam
anúncios pérfidos), estas que afugentam!

Parcelas curtas, letras grandes tentam,
esconder preços, pra ver se nos pegam
na ingenuidade, enquanto nos alegam
que tais parcelas os carões sustentam.

Mas fico louco é quando a falsa festa
divulga preços – num cartaz obscuro!
- "a começar de X" (que farra é esta?);

ou crédito é ofertado, já sem juros...
Eu fujo dessa loja: é desonesta!
Por Deus, que eu seja ingênuo, mas não burro!

Gilberto de Almeida
05/04/2012


2 comentários:

  1. Muito bom, gostei muito mesmo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado de novo, Anônimo. Acho que dava para escrever um livro só com a minha inquietação quanto às estratégias de marketing que considero anti-éticas.

      Excluir