Pesquisar neste blog

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Não sei

Sempre aprendo que não sei!
E o que não sei, aprendendo,
mesmo assim, o que não sei
é bem mais do que eu aprendo.

Mas não sei se não aprendo
- pois, aprendendo, não sei -
ou, se aprendo, não sabendo
que aprendendo, ainda não sei.

E à ignorância me rendo,
pois tudo quanto eu aprendo,
somente, é que eu tento; não sei!

E assim, eu vivo aprendendo
que nada, na vida, eu sei!
Como é que eu sei disso? Não sei!

Gilberto de Almeida
02/10/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário