Pesquisar neste blog

domingo, 16 de dezembro de 2018

Ensaio de amar


As noites de dezembro são mais belas 
e há mais contentamento a cada dia!
Parece que do Alto se anuncia
a cura para todas as mazelas!

Quais novas esperanças, Pai, revelas
aos poucos, Teu Amor, que contagia!
É festa de ternura e de alegria
que adentra dos palácios às favelas!

E assim, por Teu clamor, doce e sublime,
a humanidade, aos poucos, se redime...
Assim, o aprendizado universal

começa, entre amigos, no natal,
na gentileza, ensaio alvissareiro,
que ensina a amar, depois, ao mundo inteiro!

Gilberto de Almeida
16/12/2018


terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Crucificando o Natal


Gilberto de Almeida
11/12/2018



sábado, 8 de dezembro de 2018

t-ser

Gilberto de Almeida
08/12/2018


sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Trovas da Vida - X e XI


Acertando ou enganado
todo mundo tem direito
de, escutando a consciência,
ver as coisas do seu jeito.

Gilberto de Almeida
07/12/2018

Aliás, quem foi que disse
que há, no mundo, um jeito certo?
A verdade é mais furtiva
que a miragem no deserto!

Gilberto de Almeida
07/12/2018

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Prisioneiro


Gilberto de Almeida
05/12/2018


Haicai e flores - XLV


Sorrindo perante imo-
derado calor, no prado,
intenso é o Crisântemo. 

Gilberto de Almeida
01/12/2018