Pesquisar neste blog

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Haicai e flores - XLVII


Calor da manhã.
Descubro recanto rubro.
Gentil Flamboyant.

Gilberto de Almeida
14/01/2019




domingo, 13 de janeiro de 2019

Haicai e flores - XLVI


A tarde destaca,
na mata, a beleza inata
da Pata de Vaca.

Gilberto de Almeida
13/01/2019

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Trova com veneno


A seriedade pretensa
(Há que aturar seu assédio!),
mesquinha, inventa doença
a fim de vender remédio!

Gilberto de Almeida
11/01/2019


Sentido único


Gilberto de Almeida
11/01/2019


quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Perdoar é salvar o mundo

VERDADE NO SAL. AMOR PURO.
PERDOAR É SALVAR O MUNDO.

Gilberto de Almeida
01/09/2018


Retrato


A tal senhorita
de fato acredita
que a vida consista
na ideia hedonista.

A moça bonita
se move e se agita
no mundo egoísta
do ter, da conquista.

No entanto, acusá-la,
quem pode de fato,
se a ela se iguala?

Por mais que se doa,
a vida é o retrato
de cada pessoa.

Gilberto de Almeida
08/01/2019

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Lá vai o senhor


Lá vai o senhor
de nobre expressão,
pois se ele não for,
mancebos irão.

Será que é amor
será que é ilusão?...
Mas se ele não for,
mancebos irão.

Talvez, por supor,
de todo o salão,
que a mais bela flor 

lhe deva atenção,
recebe um favor:
- dramático "não"!!!

Gilberto de Almeida
08/01/2019


Força criadora


Feliz de quem consegue apreender
 a íntima substância da palavra,
essência revestida de poder, 
que tanto retifica quanto agrava.

Quais flechas de desdém, de maldizer,
quais golpes de ardilosa, espúria clava,
se inventa de acusar e distorcer,
devasta, prejudica, anula, entrava.

No entanto, o mesmo verbo, se perdoa,
se ungido desse amor brando e irrestrito,
é amparo que reergue uma pessoa,

é voz de paz no seio do conflito,
é impulso saneante que abençoa,
é Força Criadora do Infinito!

Gilberto de Almeida
07/01/2019