Pesquisar neste blog

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Meta-soneto em redondilha menor


Quando a gente escreve
parte do que pensa,
quando alguém se atreve,
pouco lhe compensa;

tenta a escrita leve,
tenta a escrita densa,
tenta o que não deve,
sem pedir licença.

Quando, então, termina,
cada um se rende
ao que bem entende;

Eis a minha sina:
- tento ser sincero,
mas querer, não quero!


Gilberto de Almeida

20/07/2012


4 comentários: