Pesquisar neste blog

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Alma nascitura

 
 
Pequena e tenra vida desabrocha
ansiosa pelo novo despertar.
E traz consigo o fogo dessa tocha
de vida, para a vida iluminar.
 
Pequena e tenra vida que debocha
do medo, da dureza e do penar.
Dotada da firmeza de uma rocha,
mas livre de receio, a levitar!
 
É assim que vem ao mundo uma criança,
- guerreira de uma guerra interior -
ao denso desafio a que se lança.
 
Mas cabe ao mundo adulto esse fulgor
manter, na chama viva da esperança,
na voz do bom exemplo e à luz do amor!
 
Gilberto de Almeida
12/10/2012
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário