Pesquisar neste blog

domingo, 23 de dezembro de 2012

Esquecimento




Deixei pegadas pelo Alasca,
inerte, ausente e sonolento.
Aguardo a próxima nevasca:
- que venha a mim o esquecimento!

Pois Deus, perante uma borrasca,
noss'alma de anjo desatento
lapida, cuida, expõe, descasca
e nos refresca o pensamento.

E a Divindade, o Amor Paterno,
há de esquecer-nos as passadas.
Eis a bondade, a luz do Eterno:

- por mais que tenham sido erradas,
vem outra neve, noutro inverno,
e, ao caminharmos, mais pegadas!

Gilberto de Almeida
23/12/2012


Nenhum comentário:

Postar um comentário