Pesquisar neste blog

domingo, 21 de abril de 2013

Soneto unitário do bem querer

Quem
quero,
quero
bem;

nem
lero-
lero
tem!

Chamo,
conto,
clamo!

Tonto,
Amo..
pronto!

Gilberto de Almeida
21/04/2013


Nenhum comentário:

Postar um comentário