Pesquisar neste blog

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Suavidade

Que seja
a suavidade nos meus atos, a companheira dos meus dias,
até que eu encontre
a fonte.

Que seja
a suavidade, divina suavidade, a prevenir
a dor que eu possa causar 
a alguém!

Que seja
a suavidade a impedir que eu provoque o sofrimento,
por mais suave

que seja
a quem quer
que seja!

Gilberto de Almeida
02/05/2013


2 comentários:


  1. Belos e suaves versos!
    Um abraço,
    Gerlane Fernandes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Gerlane. Meu desafio é fazê-los realidade!

      Rsrs.

      Abraço!

      Excluir