Pesquisar neste blog

segunda-feira, 22 de julho de 2019

Devolução da vida


Por que será que a dor, na vida, impera
pavimentando, assim, nossos caminhos?
Será que a vida, frívola e severa,
compraz-se em coroar-nos com espinhos?

Ah, não! Claro que não, se nós, sozinhos,
geramos cria mansa ou besta-fera!
Se a vida encontra duros escaninhos,
somente o que adubamos prolifera!

Àquele que a seu próximo machuca,
a vida lhe devolve a dor voraz.
Mas não é punitiva. Não! Jamais!

É escola que edifica, ampara e educa,
e àquele que se esforça e que ama aos seus
devolve o amor maior, que vem de Deus.

Gilberto de Almeida
18/07/2019

Referência: Recados do Meu Coração. Bezerra de Menezes/José Carlos de Lucca. 

Capítulo "Remédio para a culpa"

Um comentário: